09/05/2009

BALANCAL (Sítio do)

Balanco ou Aveia comum
(Avena fatua - Foto do autor)

BALANCAL - Sítio povoado da Freguesia de São Gonçalo, concelho do Funchal.

São Gonçalo
(Ao centro - Foto do autor)

Provém-lhe esta denominação toponímica de um lugar onde eram cultivadas plantas forraginosas, da família das Gramíneas (Gramineae/Poaceae), conhecidas pelos nomes vulgares de aveia ou balanco, sendo as mais comuns nos prados madeirenses as espécies, a Avena fatua e a Avena barbata. O balanco, foi outrora cultivado na Madeira e Porto Santo pelos agricultores e criadores de gado, para sustento dos seus animais e actualmente nasce espontaneamente nos terrenos agricultados e áreas adjacentes.


Sítio do Balancal
(Foto do autor)

Pelo Elucidário Madeirense, sabe-se que nos «limites Quinta do Palheiro do Ferreiro», [...] «pelo seu extremo sul e donde se descortina um surpreendente panorama sobre o anfiteatro da cidade do Funchal e seus subúrbios», existiam «alguns pequenos prados artificiais», onde talvez o balanco era a espécie forraginosa dominante. Foi este local denominado pelo lugar do Balancal, hoje sítio do mesmo nome.


Urbanização no Sítio do Balancal
(Foto do autor)

A Quinta do Palheiro (do) Ferreiro, localizada acerca de 511 metros de altitude (Capela), é uma das mais imponentes quintas da Madeira. Segundo o citado Elucidário, a «quinta do Palheiro do Ferreiro», foi obra do 1.º conde de Carvalhal, que pelos principios do século XIX, «ali iniciou a plantação de muitas centenas de arvores e fez construir uma pequena casa» […], onde edificou «depois uma residencia de campo, os jardins, os passeios, a capela, as casas de lavoura e fêz conduzir do alto das serras e de grandes distancias abundantes aguas destinadas a fertilizar os terrenos da quinta».
A Quinta do Palheiro (do) Ferreiro, foi adquirida em 1885 pelo súbdito britânico John Burden Blandy e manteve-se até aos dias de hoje na posse da sua família. Actualmente, para além valiosíssimo património botânico visitável, a Quinta do Palheiro (do) Ferreiro, constitui vários empreendimentos turísticos e imobiliários.



Quinta do Palheiro (do) Ferreiro
(Foto do autor)

O Dicionário Corográfico do Arquipélago da Madeira, 1934, Funchal, do mesmo autor do citado Elucidário, refere a existência de um sítio, também denominado por Balancal, na Freguesia dos Canhas.

São Gonçalo
(Foto do autor)

Funchal, visto do Sítio do Balancal
(Com neblina -"Tempo de Leste" - Foto do autor)


Bibliografia:

COSTA, J. Almeida e MELO, A. Sampaio (1990). Dicionário da Língua Portuguesa. Dicionários “Editora”. 6.ª Edição. Porto Editora Lda. Porto.
SERVIÇO Cartográfico do Exército (1974). Carta Militar. Serie P 821. Edição 1 - S. C. E. P. (Trabalhos de Campo de 1965). Lisboa.
SILVA, Padre Fernando Augusto da e MENESES, Carlos Azevedo de, (1984). Elucidário Madeirense. Fac-símile da edição de 1946. Secretaria Regional de Turismo e Cultura - Direcção Regional dos Assuntos Culturais. Funchal.
SILVA, Padre Fernando Augusto da (1934). Dicionário Corográfico do Arquipélago da Madeira. Edição do Autor. Funchal.

Visualizações de páginas

Visitantes em online

Modified by Blogger Tutorial

Madeira Gentes e Lugares ©Template Nice Blue. Modified by Indian Monsters. Original created by http://ourblogtemplates.com

TOP