31/03/2009

BABOSAS (Sítio, Caminho, Largo e Miradouro das)

Aloe arborescens Mill.
(Babosas, Foguetes de Natal ou Aloés - Foto do autor)


BABOSAS - Sítio da Freguesia de Nossa Senhora do Monte, concelho do Funchal. Provém-lhe esta denominação toponímica de uma planta ornamental cultivada em jardins, parques, margens de estradas e miradouros, na Ilha da Madeira.


Largo das Babosas ou Largo da Nossa Senhora da Conceição
( Freguesia de Nossa Senhora do Monte - Foto do autor)

Esta planta é nativa da África do Sul, da família das Liliaceae, de nome científico "Aloe arborescens Mill.". Tem folhas suculentas, esverdeadas, espinhosas nas margens, reunidas em rosetas e consistentes. A sua inflorescência, é terminal e cheia de flores escarlates e vermelhas. É conhecida vulgarmente na Madeira, pelos nomes de: Babosas, Foguetes de Natal e Aloés. Babosas, por quando se partem as folhas, a sua seiva espessa e sucosa "se babar", por algum tempo. Foguetes de Natal, por florir nesta quadra festiva. E Aloés, pela sua denominação científica. Foi a ornamentação do Largo e Miradouro, da freguesia supracitada, com esta mesma planta, ainda hoje existente no local, que substantivou popularmente o sítio com o vocábulo "Babosas", pelos madeirenses.


Largo da Nossa Senhora da Conceição ou Largo das Babosas
(Foto do autor)


O Largo das Babosas, localizado a cerca de 550 metros de altitude, é igualmente conhecido pelo Largo da Nossa Senhora da Conceição, por ter sido erigida no local a capela do mesmo nome. Segundo o Elucidário Madeirense, foi mandada construir pelo comendador Luís Betencourt Miranda, secretário da Câmara Municipal do Funchal, no ano de 1906, «especialmente destinada a comemorar o semi-centenário da definição do dogma da Imaculada Conceição e que ficou conhecida pelo nome de Capela-Monumento», num «terreno cedido pelo comendador João Bernardino Gomes». Tornou-se este sítio «em extremo pitoresco e ponto obrigado de visita para todos os que se dirigem á encantadora e paradisíaca estancia do Monte». Ao Caminho e Miradouro adjacentes, ao mesmo "Largo", chamam-lhe similarmente "das Babosas". Deste local, desfruta-se uma surpreendente vista sobre a Ribeira de João Gomes e o sítio do Curral dos Romeiros.


Sítio do Curral dos Romeiros
(Ou do Romeiro? - Foto do autor)


Actualmente, a partir da área geográfica do Largo das Babosas ou Largo da Nossa Senhora da Conceição, proporciona-se vários passeios, por levadas, veredas e teleféricos. A ambiência local proporciona aos visitantes e residentes, um apreciado repouso e deleite, que a natureza pode ali prodigamente oferecer. Por outro lado, a oferta turística e cultural, torno-o quase único na cidade do Funchal. Assim sendo, para além de ser o ponto de chegada e partida dos teleféricos do Funchal e do Jardim Botânico, ali próximo deparamo-nos com o Jardim Tropical Monte Palace, envolto num místico ocidental, africano e oriental.

Sítio das Babosas
(Foto do autor)


Teleférico - Estação das Babosas
(Foto do autor)



Teleférico - Estação do Jardim Botânico
(Foto do autor)


Teleférico - Monte - Funchal
(Foto do autor)





Bibliografia:

 
FRANQUINHO, L. O. e COSTA, A. (1998). Madeira - Plantas e Flores. 16.ª Edição. Francisco Ribeiro e Filhos. Funchal. pág. 40.
SERVIÇO Cartográfico do Exército (1974). Carta Militar. Serie P 821. Edição 1 - S. C. E. P. (Trabalhos de Campo de 1965). Lisboa.
SILVA, Padre Fernando Augusto da e MENESES, Carlos Azevedo de, (1984). Elucidário Madeirense. Fac-símile da edição de 1946. Secretaria Regional de Turismo e Cultura - Direcção Regional dos Assuntos Culturais. Funchal.
SILVA, Padre Fernando Augusto da (1934). Dicionário Corográfico do Arquipélago da Madeira. Edição do Autor. Funchal.

Visualizações de páginas

Visitantes em online

Modified by Blogger Tutorial

Madeira Gentes e Lugares ©Template Nice Blue. Modified by Indian Monsters. Original created by http://ourblogtemplates.com

TOP